4 Dicas Para Estudar a Bíblia Sagrada

No dia 31 de outubro comemoramos 500 anos da Reforma Protestante. Um dos grandes legados desse movimento deixado para nos é o amor a palavra de Deus. Os reformadores tinham como argumento máximo a autoridade da Escritura. Eles sabiam que ela além de base para nossa doutrina, é apta para guiar nossas vidas e dirigir nossas famílias e ministérios.

 

Somente através de um estudo sério das Escrituras podemos encontrar um norte para servir a Deus. Ela é alimento para as nossas almas nos dando a sustância espiritual necessária para cada dia. Um cristão que não se alimenta dela está tardado ao insucesso ministerial e a inanição espiritual, mas o cristão que a estuda descobrirá os tesouros nela escondidos.

 

Pensando nisso segue abaixo quatro dicas para que você tenha um melhor estudo das páginas sagradas:

 

1- Estude em um ambiente calmo: se quando vamos estudar matérias seculares as vezes aparecem distrações de toda sorte, imagine então quando vamos estudar a Bíblia Sagrada que envolve todo um conflito espiritual. Por isso, procure quando for estudar a palavra de Deus estudar em ambientes tranquilos e serenos. É nesses ambientes onde estaremos mais propícios a ouvir a voz do nosso Deus nos falando através de sua revelação escrita.

 

2- Use o material de apoio: dicionários bíblicos, chaves bíblicas, mapas e manuais são importantes para compreendermos o conteúdo bíblico. Eles são ferramentas muito uteis para entendermos textos e questões mais complicadas que exigem um aprofundamento maior. O fato da Bíblia Sagrada ser a autoridade máxima em matéria de fé, não quer dizer que não possamos fazer uso de materiais teológicos extra-bíblicos para estudá-la.

 

3- Estude de maneira espiritual: ao estudar a Bíblia Sagrada devemos orar antes pedindo a Deus sabedoria e estudá-la de uma perspectiva espiritual. Ou seja, não devemos estudá-la como se estivéssemos lendo um livro comum. Devemos estudá-la tendo a consciência que estamos estudando um livro cujo o autor, Deus, está nos revelando sua vontade e propósito para nossas vidas. Estudar a Bíblia com uma postura carnal pode nos levar a heresias e modismos.

 

4- Estude a Bíblia sabendo que ela é soberana: vivemos em um tempo onde muitas filosofias e ideologias arrogam para si autoridade sobre determinados temas como salvação, sexualidade, cultura, verdade, educação e outros. Todavia quando estudamos a Bíblia se colocarmos tais pensamentos ou mesmos os nossos próprios pensamentos acima dela nos perderemos em nossos próprios conceitos. É necessário que o estudioso da Bíblia subjugue sua vontade carnal e sua ideologia a autoridade da palavra de Deus. Somente assim o caráter e a mentalidade de Cristo serão imprimidos nele.

 

Eu te desejo um ótimo estudo bíblico. Que Deus te proporcione um entendimento profundo de sua vontade para a sua vida. Espero que essas dicas tenham te ajudado.

 

Curta nossa página e acompanhe nossas publicações:

Ministério Jovens Pregadores

 

Conteúdo Relacionado

Interpretação ao Pé da Letra