Translate this Page
ONLINE
6




As Marcas do Chamado

''Quanto ao restante, ninguém tem autoridade para questionar-me, pois trago em meu próprio corpo as marcas de que pertenço a Jesus.'' Gálatas 6:17

 

Há muitas pessoas com uma visão utópica a respeito do chamado. Elas pensam ser o chamado apenas uma forma de alcançar status e influência, contudo sabemos que o chamado tem suas marcas. Essas marcas não só servem para identificar os verdadeiros vocacionados, como também para fortalecê-los e prepará-los.

 

Independente de qual seja o seu chamado: pregar, evangelizar, cantar, ensinar, liderar, aconselhar, fazer a diferença no seu trabalho, contribuir, profetizar, defender a fé e outros existirão certas situações pela qual você terá que passar inevitavelmente.

 

Paulo, ao ser questionado por ser contra a circuncisão, relatou que carregava em si as marcas de Cristo fazendo referência a todos os sofrimentos que passou por amor ao evangelho (1 Co. 11: 23 ao 33). Muitas vezes ele passou por situações de desconforto, perseguição, afronta, perigo de vida, preocupação, cansaço e fome. Mesmo assim, ele não se deixou abater por nada disso. Ele continuou firme no propósito de Deus.

 

Continuemos também firmes no chamado de Deus. Ignoremos as críticas, passemos por cima das perseguições, lutemos como servos de Deus pela boa luta e sobrepujemos todas as barreiras. Todos os impropérios que passamos por causa do chamado de Deus são as nossas credenciais. Elas nos revelam como verdadeiros atalaias de Deus. Só conseguiremos ser ''boca de Deus'' se tivermos as marcas de Cristo.

 

Quando recebemos as marcas do chamado nossos dons são aprimorados. A pregação fica mais profunda, pois não se trata apenas daquilo que lemos e estudamos. Trata-se também daquilo que vivemos na prática. Ela recebe mais autoridade. O evangelismo se torna mais fervoroso porque experimentamos o poder de Deus de perto. Nosso ensino se torna mais sábio e o nosso louvor provém de fato do coração.

 

Se o seu chamado não tem te deixado marcas questione a si mesmo. Será que você realmente tem pregado o evangelho verdadeiro? Será que você tem vivido os princípios da palavra de Deus? O chamado não é uma medalha que carregamos no peito para apenas mostrar aos outros. O chamado é uma missão que como soldados do Reino de Deus recebemos e temos que cumpri-la aconteça o que acontecer. Carregue suas marcas e faça a vontade de Deus.

 

Curta nossa página e acompanhe nossas publicações:

 Ministério Jovens Pregadores

 

Conteúdo Relacionado

Não Venda Sua Visão